Esquentando os motores: atividades de aquecimento para a sua aula de PLE/PSL

Sabe aquele dia em que a gente entra em sala de aula e sente que os alunos estão cansados ou desmotivados? É sempre bom ter uma carta embaixo da manga para dar uma levantada na turma. Pensando nisso, compartilhamos com vocês algumas das atividades de aquecimento para aulas de português como segunda língua ou língua estrangeira que temos feito com nossos alunos. Que tal testá-las também?

1. Cadê o par?

Objetivo: aumentar a interação entre os aprendentes, reforçar ou ampliar o vocabulário de um tema recém-trabalhado.

Tempo de aula: 15 minutos.

Quantidade de participantes: a partir de seis.

Material necessário: fichas com temas relacionados, como na figura abaixo:

Dinâmica1

Como posso trabalhar?

Previamente, o professor deve produzir as fichas que liguem substantivos a campos semânticos ou a outro tipo de informação. Nas fichas acima, a ideia é de retomada das profissões e dos utensílios usados por cada profissional. Os aprendentes devem se levantar e procurar seus pares. Depois de encontrá-los, juntos, devem dizer como o profissional usa cada um dos objetos no cartão. A dinâmica pode ser feita com outros grupos de palavras, como descrição física, psicológica e, inclusive, com tópicos gramaticais.

2. Entrevista sem pé nem cabeça

Objetivo: aumentar a interação entre os aprendentes, reforçar ou ampliar o vocabulário de um tema recém-trabalhado.

Tempo de aula: 20 minutos.

Quantidade de participantes: a partir de quatro.

Material necessário: uma rápida sequência de respostas inusitadas que contemplem um tema gramatical ou lexical já trabalhados.Dinâmica2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como posso trabalhar?

Após parear os aprendentes, cada dupla deverá fazer perguntas às respostas entregues pelo professor. Após completá-las, abre-se um grande círculo. Um participante é convidado a iniciar as perguntas, apontando um colega para responder. Os resultados são inusitados e surpreendentes!

3. Quem é quem?

Objetivo: apresentar os colegas em sala ou praticar descrição emocional ou psicológica.

Tempo de aula: 25 minutos.

Quantidade de participantes: a partir de quatro.

Material necessário: fichas previamente preparadas para servirem de base para a entrevista.

Dinâmica3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como posso trabalhar?

Inicialmente, entregue as fichas para os aprendentes e peça que eles entrevistem os colegas para completá-las. É importante que elas não sejam identificadas. Após a interação, recolha as fichas e as redistribua no grupo. Cada aprendente descreverá a pessoa secreta da ficha que tem nas mãos. O grupo deverá adivinhar de quem são as informações.

4. Esse emprego é seu!

Objetivo: retomar a descrição psicológica ou ampliar o vocabulário sobre o mercado de trabalho.

Tempo de aula: 10 minutos.

Quantidade de participantes: a partir de três.

Material necessário: classificados e fichas para preenchimento.

Dinâmica4

Como posso trabalhar?

Após verem o anúncio, cada aprendente deve escrever brevemente o perfil de um colega nas fichas e justificar o porquê de ele ser ideal para a posição. Os aprendentes podem mencionar a formação do colega, sua personalidade e seus objetivos profissionais. Depois disso, o professor pode trocar as fichas e pedir que a turma eleja o candidato mais adequado à vaga, colocando-se na posição de empregador.

5. Para que serve?

Objetivo: aumentar a fluência pelo estímulo do raciocínio e retomar um campo semântico específico.

Tempo de aula: 10 minutos.

Quantidade de participantes: a partir de quatro.

Material necessário: fichas para preenchimento.Dinâmica5

Como posso trabalhar?

Após dividir a turma em dois grupos, o professor começa com a pergunta para um dos grupos: “em que situação podemos usar uma forma de bolo e um lençol?”. O grupo só tem 30 segundos para responder a pergunta (por exemplo: eu não tinha luvas para pegar a forma de bolo e usei um lençol!) e, em seguida, muda-se o turno. O grupo deve escolher mais dois objetos para o grupo seguinte. Vence o grupo que cumprir o desafio de usar todos os pares de palavras com sentido.

Esperamos que essas dicas sejam úteis para você na sala de aula! Que tal nos escrever e dizer como foi sua experiência?

Quer mais dicas para a sua atuação em sala de aula? Deixe um comentário!

Professora Eugênia Fernandes

Equipe Icepe

4 Comments on “Esquentando os motores: atividades de aquecimento para a sua aula de PLE/PSL

    • Oi, Marta,

      Ficamos felizes que você tenha gostado! Não temos exercícios para enviar, mas na nossa página no Facebook podem surgir novidades.

      Abraços,
      Equipe Icepe.

  1. Gostei muito de suas sugestões, porém trabalho com 35 haitianos, sendo a maioria já graduados em seu país, mas que falam pouquíssimos português. Parti da vivência deles em minhas aulas, conhecimento de palavras de sua área de trabalho, após saudações, cumprimentos, números, verbos. Agora eles querem aprender pronomes e estou com dúvidas em como trabalhar. Você tem alguma sugestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *